AmbScience

Remediação Ambiental

Com Funciona a Remediação Ambiental

Depois que ocorre a identificação de uma área contaminada e os níveis de contaminação se mostram superiores aos permitidos, é necessário realizar ações e implementar tecnologias de remediação para garantir a melhoria da situação ambiental no local até níveis aceitáveis. Veja agora como funciona a remediação ambiental.

O que é remediação ambiental

A Remediação Ambiental é uma das ações de intervenção para reabilitação de área contaminada, que consiste em aplicação de técnicas visando a remoção, contenção ou redução das concentrações de contaminantes. Em outras palavras, é um termo usado para corrigir problemas em áreas contaminadas (AC). Não confundir com reabilitação, recuperação ou restauração, termos que são muito próximos, já que todos se referem à ações a serem tomadas em áreas degradadas.

A remediação visa a remoção da fonte de contaminação, a redução de contaminação do solo, da água subterrânea e vapores do solo para níveis aceitáveis ambientalmente, a redução de riscos ambientais ou de exposição de trabalhadores e usuários do local e do recurso.

Gerenciamento de Áreas Contaminadas e Remediação Ambiental

Segundo definição do Ministério do Meio Ambiente (MMA), “entende-se por área contaminada como sendo área, terreno, local, instalação, edificação ou benfeitoria que contenha quantidades ou concentrações de quaisquer substâncias ou resíduos em condições que causem ou possam causar danos à saúde humana, ao meio ambiente ou a outro bem a proteger, que nela tenham sido depositados, acumulados, armazenados, enterrados ou infiltrados de forma planejada, acidental ou até mesmo natural.”.

Neste contexto, a remediação ambiental é uma ação que pode ocorrer no gerenciamento ambiental, ou ela é aplicada quando as medidas de intervenção não foram suficientes para reduzir os riscos à saúde humana pela contaminação do solo e/ou da água subterrânea.

Como são determinadas ações de Remediação Ambiental

O processo de identificação de uma área contaminada envolve uma avaliação preliminar, investigação confirmatória, investigação detalhada, avaliação de risco e ações para reabilitação da área, até as concentrações das substâncias detectadas atingirem níveis aceitáveis para uso pretendido no futuro.

Essas etapas são muito importantes e devem ser realizadas minuciosamente pois é a partir delas que será definido a melhor forma de remediar a área. A tecnologia de remediação adotada deve levar em consideração as características intrínsecas de cada área contaminada, como conhecimento do cenário local, extensão da contaminação e se as vias de contaminação ainda existem. Também é necessário atender a legislação ambiental vigente, sendo compatível ao risco que a contaminação apresenta.

Técnicas de Remediação Ambiental

A remediação de uma área contaminada pode  ser feita com técnicas in situ, ex situ, ou

utilizando as duas ao mesmo tempo. Elas utilizam diferentes tipos de tratamento como o biológico, o térmico, o químico e o físico-químico. Veja como elas funcionam:

In situ

Apresenta custos muitas vezes menores em relação à ex situ e não provocam contaminações secundárias. Nessa técnica são utilizados geralmente Sistemas de bombeamento (pump and treat); Sistemas de Extração de vapores (soil vapor extraction); Sistemas de Extração Multifásica; Processos Oxidativos Avançados; Processos Redutores; Barreiras Reativas; Barreiras Hidráulicas; Sistemas térmicos e Biorremediação.

Ex situ

Devido à necessidade do transporte do material contaminado até o local de tratamento, custa um pouco mais e pode existir o risco de haver algum tipo de contaminação secundária. Nesta técnicas são feitas escavação, remoção e tratamento com destinação final adequada, as quais podem ser: Aterro (local destinado à decomposição final de resíduos sólidos gerados pelas atividades humanas); Coprocessamento (utilização de fornos de cimento com o aproveitamento da energia contida nos resíduos); Unidade de dessorção térmica (trata os solos contaminados com hidrocarbonetos não recicláveis usando energia térmica para separar fisicamente compostos voláteis do solo); Biopilhas (utilizadas para reduzir concentrações de hidrocarbonetos de petróleo presentes no solo através da biodegradação).

Como escolher a empresa de Remediação Ambiental

O processo de Remediação Ambiental pode ser demorado e deve ser feito cuidadosamente; por isso, a empresa que executará a remediação deverá possuir corpo técnico altamente especializado, tecnologias avançadas e experiência em projetos de recuperação ambiental.

Procure uma empresa certificada e qualificada, que tenha capacidade e experiência para executar todo o processo. Somente dessa forma é possível ter um resultado confiável e soluções adequadas para cada caso.
Informe-se sobre esses e outros assuntos. Conheça os nossos serviços: AmbScience Engenharia, através do e-mail contato@ambscience.com ou no telefone 011 3197-4780.

COMPARTILHAR: Facebook - Twitter - Google+